segunda-feira, 22 de Junho de 2009

Dimensões de Caixas de Contadores



Após uma pequena pesquisa sobre dimensões de caixas dos contadores, chego à conclusão que as medidas que devem ser reservadas para os mesmos são aproximadamente os mesmos de autor para autor, havendo no entanto pequenas variações entre sí.


G4 - 800 x 450 x 280

G6 - 800 x 450 x 280

G10 - 835 x 450 x 350

G16 - 960 x 600 x 470

G25 - 1180 x 700 x 580

G40 - 1500 x 1500 x 500

G60 - 1500 x 1500 x 500


[medidas em mm]

sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Diâmetros de Tubagem de Aço

Designação corrente [pol] Diâmetro Exterior [mm] Espessura [mm] Diâmetro Interior [mm]
1/2 21,3 2,9 15,5
3/4 26,9 2,9 21,1
1 33,7 3,6 26,5
1 1/4 42,4 3,6 35,2
1 1/2 48,3 4,0 40,3
2 60,3 4,0 52,3
2 1/2 76,1 5,0 66,1
3 88,9 5,6 77,7
4 114,3 6,3 101,7

Diâmetros Tubagem Cobre (Cu)

Diâmetro Exterior [mm] Espessura[mm] Diâmetro Interior[mm]
15 1,0 13,0
18 1,0 16,0
22 1,0 20,0
28 1,2 25,6
35 1,5 32,0
42 1,5 39,0
54 2,0 50,0

De acordo com o estipulado na NP EN 1057

terça-feira, 16 de Junho de 2009

As inspecções periódicas e o fecho do gás


A falta do comparecimento do proprietário/arrendatário da fracção na altura do restabelecimento das condições abastecimento de gás, após uma inspecção periódica, resultam num corte de gás ao prédio na sua totalidade, uma vez que não é garantido que no interior de um fogo, após o restabelecimento, não existam equipamentos a consumir gás sem que o mesmo seja queimado.

segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Consumos de Equipamentos...


Muitas vezes surje a questão sobre que consumos devem ser contabilizados nos equipamentos em industrias, cozinhas industriais, etc. O ideal obviamente será o projectista tentar saber qual o objectivo da instalação, mas quando tal não é possível... paciência. Assumem-se consumos previsionais.

Gostaria apenas de chamar à atenção para que a estimativa dos consumos em cozinhas profissionais deve ter em conta o tipo de refeições e da natureza das refeições.

Os valores que agora faculto são apenas referências que podem ser utilizadas para a estimativa de consumo:



  • Fogão Doméstico - 9 kW

  • Fogão 6 Queimadores e Forno - de 46,50 a 61,80 kW

  • Fogão Industrial - 20,00 kW

  • Fogão com forno - de 29,00 a 43,50 kW

  • Fogareiro com 2 queimadores - 12,50 kW

  • Forno Misto Convector/Vapor - de 18,00 kW a 38,00 kW

  • Placa doméstica - 6,00 kW

  • Placa de 4 Queimadores - 38,00 kW

  • Fritadeira - 15,00 kW

  • Fritadeira dupla mergulhante - 26,00 kW

  • Frigideira Basculante - de 18,00 a 20,00 kW

  • Marmita - de 15,00 kW a 24,00 kW

  • Banho Maria - 5,2 kW

  • Basculante - 15,00 kW

  • Esquentador - 29,00 kW

  • Caldeira Mural - de 23,00 a 27,00 kW

  • Secador - 15,00 kW

  • Secador de Roupa de 22 kg - 27,90 kW

  • Secador de Roupa de 12 kg - 22,00 kW

  • Grelhador Radiante - 18,00 kW

  • Grelhador de Placa - 9,50 kW

  • Grelhador Liso - 7,00 kW

  • Grelhador Canelado - 7,00 kW

  • Máquina de Lavar Roupa de 16 kg - 24,00 kW

  • Calandra Passadora/Dobradora - 17,50 kW

  • Reserva - entre 10 e 15 kW

quinta-feira, 11 de Junho de 2009

PEAD ou Cobre ?

Frequentemente é colocada a questão sobre a possibilidade ou não de utilização de tubagem de cobre ou polietileno em instalações de gás. A legislação apenas refere que não são permitidas tubagens não metálicas no interior de imóveis, logo, evidentemente o PE não pode desenvolver-se pelo interior de um edificio.



Quanto existe necessidade de colocação de PE, o mesmo tem que ser enterrado de forma a que o extradorso superior da tubagem fique a mais de 60 cm da superficie, ou então envolto em manga. Não esquecer o leito de areia, e a fita sinalizadora.



O cobre de uma forma geral é utilizado embebido ou à vista, podendo porém ser enterrado, desde que

sexta-feira, 5 de Junho de 2009

As minhas pressões favoritas...

Existem valores de pressão que memorizamos com o passar dos anos...

Faço aqui um resumo dos valores de pressão mais utilizados em projectos de instalações de gás.

19 mbar – Pressão de início de calculo para a instalação interior de um fogo, quando existe coluna montante. Outra possibilidade será calcular desde a caixa de entrada a pressão efectiva.
20 mbar – Pegime de baixa pressão. Pressão à saída do redutor.
70 mbar – Pressão mínima de média pressão
100 mbar – Pressão frequente para abastecimento a media pressão
400 mbar – Pressão máxima se existir passagem por tectos falsos
0,5 bar – Pressão mínima de abastecimento garantida em alguns pontos da rede Setgás
1,0 bar – Pressão mínima garantida pela Lisboagás
1,5 bar – Pressão máxima admissível dentro de índole privada
4 bar – Pressão à saída da GRMS da Lisboagás (?)
12 bar – Pressão de entrada na GRMS da Lisboagás (?)

Fax de Confirmação do Regime de Pressão

A cidade de Lisboa foi abastecida durante alguns (largos) anos com ar-propanado, mais conhecido como gás de cidade cuja pressão de abastecimento rondava os 20/22 mbar dependendo da zona da cidade.

Com a introdução do gás natural, houve a necessidade de manter esta pressão de abastecimento. Porém existem algumas zonas da cidade, cuja rede coexiste na mesma rua, ou seja, existe uma rede de gás natural a média pressão num lado da rua e no outro existe uma rede de baixa pressão.

Por este motivo, antes de ser iniciado um projecto de gás na região de Lisboa (cidade e zona limitrofes) deverá ser solicitado um pedido por fax ou email para a Lisboagás.

Esse pedido é habitualmente efectuado ao Sr. Germano Bernardo, com o email: gbernardo@galpenergia.com, devendo ser indicada a morada completa do imóvel, incluindo código postal.

O Blog dos Projectistas

Bem-vindos

Foi meu intuito com a criação deste blog , possibilitar:
  • Ajuda aos colegas engenheiros que realizam projectos de instalações de gás
  • Ser uma ajuda, com indexação sistematizada, sobre algumas questões frequentes que por vezes surjem na execução de projectos
  • Melhorar a interpretação legal de alguns diplomas legais

Espero que ajude,

Pedro Capelinha - Engº Mecânico

NOTA: Não me responsabilizo pela utilização dos dados aqui apresentados, sobretudo pela sua desactualização.